Triste fim! Ameba comedora de cérebro mata noiva logo após casamento


A vida de um jovem recém-casada foi tragicamente interrompida depois que uma ameba rara que come o canal cerebral dos humanos se hospedou em seu corpo durante um passeio de férias. A tragédia aconteceu com Koral Reef (na foto), que vivia em Temecula Valley, Califórnia
Foto: Montagem R7 


Ela morreu aos 20 anos, meses após se casar com seu namorado da escola. Seu casamento foi celebrado em julho de 2013 e meses depois os sintomas começaram
Foto: Reprodução The Mirror 


A ameba Balamuthia que a matou entra no corpo das pessoas depois de ser inalada. Os sintomas apresentados por quem contraiu o protozoário são dor de cabeça, fadiga e rigidez no pescoço

Foto: Reprodução The Mirror 


Os sintomas são genéricos e comuns, por isso é difícil diagnosticar quando um paciente é infectado pela ameba
Foto: Reprodução Daily Mail 


A jovem e sua família acreditam que ela provavelmente entrou em contato com a ameba mortal enquanto nadava no Lago Havasu, no Arizona, em maio 2013
Foto: Reprodução Daily Mail 


O viúvo, Corey Pier, contou ao Daily Mail que logo que a presença da ameba foi confirmada ps médicos disseram que não existiam tratamento para o problema
Foto: Reprodução Daily Mail 


Em semanas, metade do corpo da jovem estava paralisado
Foto: Reprodução Daily Mail 


Então ela parou de responder a sua família
Foto: Reprodução Daily Mail 


Os médicos tentaram administrar uma droga experimental chamada Miltefosine, mas já era tarde demais. Ela morreu no dia 20 de outubro de 2014.
Foto: Reprodução Daily Mail 


Reef não foi a primeira pessoa a morrer de uma infecção amebiana após nadar em no Lago de Havasu
Foto: Reprodução The Mirror 


Á esquerda, o protozoário aparece em sua fase cística. À direita, o organismo que se alimenta do cérebro das vítimas é vista em sua fase ativa

Foto: Reprodução Daily Mail 


A mãe da jovem Sybil Meister (à esquerda na foto) agora quer alertar as pessoas sobre o perigo da Balamuthia mandrillaris
Foto: Reprodução Daily Mail 


Ela criou o uma fundação com o nome da filha e uma página no Facebook para ajudar a causa

Foto: Montagem R7

Mundo MS Inc.

Um Mundo De Informações a "1" Click.