Últimas

Outras Matérias

Mais Matérias informativas

Barbitúrico

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


É usada como sedativo e hipnótico (Veritaserum, a.k.a. a poção da verdade em Harry Potter), prescrita principalmente em casos de depressão, ansiedade e insônia. Em excesso, causa morte por overdose de forma rápida: depressão respiratória e cardiovascular é a causa.

Metadona

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Semelhante à heroína mas menos viciante, causa overdose quando usuários tentam alcançar os mesmos efeitos daquela ingerindo maiores quantidades desta. Pode causar suores, problemas instestinais, gástricos e perda de apetite. Além disso, a dose misturada a sedativos e álcool aumenta a chance de morte súbita.

Ketamina (“K”, “Key”)

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


É um tranquilizante animal que geralmente é contrabandeado a partir de um veterinário com acesso a essas drogas. Muito comum em noitadas GLS, pode ser ingerido como líquido, fumado com maconha, inalado ou aplicado no músculo. Um efeito colateral temido durante o uso é a chamada “K-Hole”: a pessoa fica impossibilitada ou têm dificuldades de se mover, falar, engolir e até respirar. A longo prazo, há casos de infecção nos órgãos, depressão e ansiedade.

Benzodiazepina

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


É um sedativo usado no tratamento de ansiedade, insônia e convulsões. Com álcool pode ser fatal, e sozinho pode causar ansiedade, depressão, náuseas e perda de memória. Além disso, causa dependência psicológica e física já nas primeiras seis semanas de uso deste tranquilizante.

Anfetamina (“Cristal”, “Meth”)

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


A droga de Breaking Bad é barra pesada. Vicia rapidamente, causa paranóia, e seus efeitos a longo prazo são sequelas duradouras. Um dos mais feios é justamente o estético: danifica nariz, boca e, lá dentro do corpo, o pulmão. Isto pôde ser visto com alguns viciados na famosa série de Heisenberg. Há riscos de ataque cardíaco, derrame, coma e, claro, morte.

Buprenorfina

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Derivado da morfina, é recomendada para pessoas que estão tentando se livrar do vício de heroína, por ser mais fraca e atenuar as crises de abstinência. Na versão ilegal, é usada como alucinógeno com efeitos eufóricos. Como é forte, pode levar a uma overdose se mal administrada.

Cola

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


A cola de sapateiro é produzida para servir como adesivo de couros e borrachas, mas ultrapassou as fronteiras e há tempos causa dependência, principalmente entre moradores de rua. Provoca vertigens, tonturas, ilusões e sensações de flutuação. Com a tolerância do organismo, os usuários aumentam a dose rapidamente, o que provoca a dependência extremamente prejudicial.

Metiltioanfetamina (“4-MTA”, “Flatlinner”)

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Uma anfetamina modificada, trinta e três vezes mais perigosa que o ecstasy, é vendida como alternativa e tem efeitos menores. Por isso, é comum que usuários morram de overdose após consumirem altas doses buscando a mesma euforia trazida pela bala ou MDMA.

LSD (“Ácido”, “Doce”)

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Feito a partir de um fungo e vendido em cartelas, é uma droga alucionógena e psicodélica (um beijo para Woodstock). Causa viagens que duram horas e horas, mas também podem levar a “bad trips” incontroláveis durante todo o efeito, a depender do estado psicológico do usuário. A longo prazo, pode causa esquizofrenia, além de ataques de pânico e “flashbacks” (quando a viagem volta meses depois, do nada).

ABAIXO VOCÊ VER 5 GIFS QUE EXPLICAM LITERALMENTE OS EFEITOS DO LSD

Não precisa fazer uso do ácido para entender seus efeitos. Basta prestar atenção nos Gifs abaixo.

(Henrique Lima)

Abaixo listamos 5 gifs que vão te explicar literalmente o que acontece ao tomar LSD (ácido, doce). Não veja se estiver bêbado, sério… O Raul pode aparecer.

#1 – O que nossos olhos enxergam?
Vale lembrar, o que você vê no gif abaixo dura cerca de 8 horas, algumas vezes esse efeito dura mais, algumas vezes menos.



#2 – A Bad Trip
Se você achou incrível o efeito do item #1, saiba que a viagem errada (bad) também pode acontecer, e nesse caso meu chapa, são 8 horas de puro desespero…



#3 – Experimente o Efeito #1
Tá curioso para ver como isso funciona? Não precisa usar droga nenhuma, basta fixar sua visão no centro dessa imagem por 15 segundos, depois olhe a seu redor.


#4 – Experimente o Efeito #2
Outro teste, faça a mesma coisa, fixe o olhar no centro. Nesse gif o efeito visual é mais evidente.


#5 – Experimente o Efeito #3
Agora vêm a genialidade de Van Gogh. Usando o mesmo gif do item #3 e o clássico quadro ‘Noite Estrelada’ como referência. Faça a mesma coisa, fixe seu olhar no ponto central e depois observe a pintura. Sensacional, né não?



#EXTRA – Experimente o Efeito #4 (TURBO)

Quem mandou a sugestão desse vídeo foi o leitor edd (valeu Edd!) – Esse é nível avançado, cuidado.

Vale lembrar que o uso dessa substância é ilegal. Portanto se tiver curiosidade, assuma o risco. Não nos responsabilizamos por suas escolhas, apenas usamos esse espaço para abrir seus olhos.


NÃO USE DROGAS !!!

Cometilfinidato

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Faz parte da “Ritalina”, remédio usado no controle da hiperatividade. Quando vendido ilegalmente – e é aí que mora o problema – é esmagado e inalado para obter efeitos rápidos. Pode levar a convulsões, delírios, tremores, vômitos e dependência.

Esteróides Anabolizantes

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


São as famosas bombas de hormônio tão usadas pelos “marombeiros” de academia. É injetada diretamente no músculo, pois na veia é fatal. Para efeitos de curto prazo, anabolizantes causam acne, insônia, calvície, pressão alta, colesterol, entre outros.

Mas não pára por aí: por ser uma substância ilegal, geralmente são consumidas versões falsificadas, contaminadas, ou próprias para animais (a de cavalo é bem comum). Tudo isto fora os problemas psicológicos, que são pontos de partida e de chegada para o uso de anabolizante.

GHB (“G”)


Conhece o golpe do “Boa Noite Cinderela”? Pois o “G”(lê-se dji), por ser consumido misturado à água ou outras bebidas, é uma das drogas usadas para estuprar, roubar coisas e orgãos de outras pessoas.

Ela costuma deixar os usuários chapados e com (muito) tesão, é muito usada também para aumentar efeitos de outras drogas, como a “bala”. O excesso de ingestão derruba qualquer marmanjo. Se combinada com álcool, remédios e anabolizantes, pode causar morte súbita.

Poppers

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


Apesar de parecido com o loló e lança-perfumes na maneira de inalar (cheirando direto da garrafa ou através de um pano molhado), o poppers é feito de substâncias diferentes. Como se trata de um nitrato, não pode ser consumido em conjunto com outras medicações como o viagra, pois aumenta a pressão sanguínea, apesar de ser muito usado no ato sexual. É rápido e dá uma sensação de relaxamento mesmo com o coração batendo mais rápido.

Khat

ATENÇÃO!!!
ESSE ESPAÇO VISA UM MAIOR ESCLARECIMENTO SOBRE OS EFEITOS DAS DROGAS NO ORGANISMO HUMANO, TODO MATERIAL TRATA-SE DE MATÉRIA DE ESTUDO, SEM A MINÍMA APOLOGIA A QUALQUER TIPO DE DROGA, DÊ PREFERÊNCIA  A VIDA "NÃO USE DROGAS".


É um estimulante natural que atua como energizante, similar à anfetamina. Muito consumida na África Oriental, é um dos produtos cultivados mais populares do Iêmen. Assim como a folha de coca, na América do Sul, Khat é considerada uma droga sociável: as pessoas mascam a folha em momentos recreativos. A dependência é leve.

Doenças venéreas levaram homem (e a mulher) à monogamia

Um estudo publicado na Nature Communications sugere que o impacto das doenças sexualmente transmissíveis na sociedade pode ter influenciado a passagem da poligamia para a monogamia

De acordo com o estudo, a disseminação de DSTs bacterianas em grandes populações poligâmicas teria reduzido a taxa de fertilidade destas sociedades, o que permitiu que as populações monogâmicas - menores até então - se tornassem dominantes(Thinkstock/VEJA)

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) teriam sido as responsáveis pelo surgimento da monogamia em nossa sociedade. De acordo com um estudo publicado na revista científica Nature Communications, a passagem de uma sociedade poligâmica para a monogâmica pode ter sido ocasionada pelo impacto das DSTs nas grandes comunidades que surgiram com o início da era agrícola.

O estudo, realizado por pesquisadores da Universidade de Waterloo, no Canadá, e do Instituto Max Planck para Antropologia Evolucionária, na Alemanha, baseou-se em modelos matemáticos. Os autores utilizaram estes modelos para analisar se infecções bacterianas sexualmente transmissíveis que podem causar infertilidade, como clamídia, gonorreia e sífilis, afetaram populações de tamanhos diferentes.

Os resultados mostraram que em comunidades poligâmicas pequenas (com cerca de 30 pessoas), os surtos de DSTs tinham curta duração. Isso permitia que a população logo se recuperasse e permanecesse como o modo de vida dominante, já que tinha um número maior de integrantes - em comparação com as tribos monogâmicas.

Entretanto, nas sociedades poligâmicas maiores (com cerca de 3000 integrantes) acontecia um efeito contrário: em vez destas doenças desaparecerem rapidamente, elas se tornaram endêmicas. Esse efeito causava uma redução na taxa de fertilidade e, consequentemente, a redução no tamanho destas populações. Com o passar do tempo isso permitiu que as sociedades monogâmicas se tornassem predominantes, com direito à punição daqueles que continuavam poligâmicos.

"Nosso estudo mostra que as DSTs se desenvolvem de forma diferente, dependendo do tamanho dos grupos humanos e se eles são monogâmicos ou poligâmicos. Este estudo mostra como os eventos naturais, tais como a propagação de doenças contagiosas, podem influenciar fortemente o desenvolvimento de normas sociais e julgamentos morais", explicou Chris Bauch, da Universidade de Waterloo e coautor da pesquisa, à AFP.

Apesar dos resultados, os autores afirmam que erradicar as DSTs não nos faria voltar ao estilo poligâmico. "Há vários outros fatores que fazem a sociedade impor a monogamia. Acredito que é prematuro dizer que o casamento vai desaparecer ou que a poligamia vai retornar se a questão das DSTs for resolvida", afirma Bauch.

(Da redação)