Últimas

Alerta! 9 tipos de dores que podem não ser o que parecem

Dor de cabeça: pode ser sinal de acidente vascular encefálico (derrame) ou até mesmo ataque isquêmico transitório

Até 30% da população adulta dos países ocidentais sofrem com algum tipo dor, segundo dados recentes da “Associação Internacional para o Estudo da Dor". Por isso estar atento a todas elas é muito importante.

Algumas dores que parecem comuns podem esconder problemas muito mais sérios do que parecem. Uma simples dor de cabeça, por exemplo, pode ser um dos sintomas de um acidente vascular cerebral (AVC).

Para o médico Abel Magalhães, clínico e cardiologista do Vita Check-Up Center, a qualquer sinal de uma dor que a pessoa julgue fora do comum um especialista deve ser imediatamente consultado. 

"Embora nem toda dor ou desconforto seja indicativo de emergência, algumas situações não devem nunca ser ignoradas", afirma Magalhães.

Abaixo estão algumas das dores mais comuns e o que elas podem significar de fato, segundo o médico:

Dor no peito: pode ser sinal de doença nas artérias coronárias, como o infarto agudo do miocárdio.

Dor nas costas: problemas na coluna (músculos, nervos, medula e ossos – vértebras) ou até mesmo doenças do rim.

Dor na barriga: além de apendicite, pode ser pancreatite, obstrução intestinal, doenças do fígado ou da vesícula.

Dor na batata da perna: pode ser trombose venosa profunda – obstrução de veias por coágulos que podem se soltar e acometer os pulmões e resultar em uma embolia pulmonar.

Dor de cabeça: pode ser sinal de acidente vascular encefálico (derrame) ou até mesmo ataque isquêmico transitório, quando falta de sangue ou ocorre hemorragia no cérebro.

Dor nas juntas: pode indicar o desgaste natural das articulações, doença conhecida como osteoartrose/osteoartrite; ou ainda artrite reumatoide – doença autoimune em que o próprio organismo ataca equivocadamente as articulações.

Dor nos testículos, em homens, ou na pelve durante a relação sexual, em mulheres: pode ser sinal de torção testicular ou epididimite – inflamação localizada próximo aos testículos. Ainda pode indicar uma inflamação pélvica que se não tratada pode causar até infertilidade.

Dor e ardência nas mãos e/ou nos pés: pode ser sinal de neuropatia periférica - lesão nos nervos causada por diabetes, deficiência de vitaminas ou uso abusivo do álcool.

Dor difusa: pode indicar fibromialgia, doença ainda pouco conhecida em que a pessoa pode ter sensibilidade aumentada para a dor.